Amphibiansoft

Case Study

Automation4you

Setembro e Outubro 2020

Cliente:

Warpcom

Necessidade do cliente:

Prova de Conceito/Demonstração para criar uma plataforma de gestão e programação de tarefas em ambiente laboral.

Stacks/Tecnologias utilizadas:

.NET Core, C#, Cisco xApi, MongoDB, Python, REST Services, SQL Server.

Projecto de automação de tarefas

Prova de Conceito

Neste projecto, foi-nos proposto criar uma prova de conceito, um desafio de funcionalidade. O objectivo principal desta demonstração era criar automação de tarefas comuns num ambiente laboral através da plataforma da Cisco Webex e IoT devices da Cisco, adaptando-a mais tarde a outros fornecedores de IoT. A ideia inicial da prova de conceito era, através do Webex e com os inputs do utilizador, fazer algo com o IoT device da Cisco, e isso foi conseguido. As ideias que depois surgiram daí seriam no sentido de aproveitar as capacidades dos sensores dos IoT para realizar diversas tarefas, como por exemplo, desenvolver um módulo de gestão de salas para verificar se estão pessoas numa sala, entre outras tarefas.

Projecto de gestão de salas e lotação
Projecto de gestão de salas e lotação

Middleware com funcionalidades IoT

Foi um projeto de curta duração, feito sobretudo pela equipa de desenvolvimento de software, composta por um dos nossos Fullstack Developers e pelo DBA, sempre com inputs dados pelo nosso Agile Coach e Senior Developer. O principal desafio foi o facto de ser uma solução em que estávamos a experimentar algo novo. Não havia um caminho traçado entre o início e o fim. Como era uma prova livre sem grandes requisitos por parte do cliente, a equipa de developers focou-se em produzir um middleware que utilizasse as funcionalidades dos IoT para realizar vários processos de automação, desenvolvendo um software que ligasse todas as funcionalidades entre si. Trabalhámos lado a lado, utilizando a metodologia Scrum. Não houve muita necessidade de trabalhar com frontend nem com UX & UI.


Aplicação para gestão de salas e meetings

A partir daí, surgiram outras ideias, tais como utilizar a aplicação para fazer a ponte com outros IoT e a possibilidade de fornecer ao utilizador da aplicação “blocos” para que ele pudesse criar algo personalizado às suas utilizações, aproveitar as capacidades dos sensores dos IoT para realizar diversas tarefas, como por exemplo,  ligar e desligar a câmara para uma reunião ou ajustar as luzes da sala.

Gestão de Activos (Assets management)

Partilha:

Share on facebook
Share on linkedin

Deixe um comentário